Entrar em contato | contato@bodoquenanews.com.br
'Maníaco da Cruz' está solto por sucessão de erros do poder público
06 de Março de 2013, 10:28 h
Por Eduardo Miranda, Correio do Estado


1d4cffa006fbfb1f9c241048cc1f4e440
Foto: Arquivo / Correio do estado

Uma sucessão de falhas da administração pública e de entidades que fiscalizam a lei e promovem os direitos humanos permitiu que um psicopata ficasse solto nas ruas em Mato Grosso do Sul. Há um ano, uma decisão da 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, determinou que o Estado internasse, Dhionathan Celestrino, 21 anos - autor de três assassinatos em série - em hospital psiquiátrico. Um ano depois, no último domingo, o rapaz fugiu de uma unidade de internação para adolescentes infratores mantida pelo Governo do Estado, onde estava internado ilegalmente, sem qualquer cobrança formal por parte do Ministério Público, o fiscal da Lei, ou de entidades que defendem os direitos individuais e coletivos, como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Desde domingo as forças policiais do Estado procuram Dhionathan, que entre julho e agosto de 2008, em Rio Brilhante, matou um homem e duas mulheres, abandonando seus cadáveres em cemitérios e em terrenos baldios, sempre como se elas tivessem sido crucificadas (com os pés cruzados e com os braços abertos). O rapaz ficou conhecido como Maníaco da Cruz.

Apesar da impossibilidade de prender Dhionathan (ele já pagou por estes três assassinatos que cometeu quando adolescente, e por isso não pesa contra ele nenhuma sanção penal), se ele for encontrado por qualquer autoridade, deverá ser levado a um hospital psiquiátrico, em cumprimento à ordem de internação dada pelo Tribunal de Justiça.

30 de Dezembro, 2017
Balneário Águas de Bodoquena é opção para quem busca tranquilidade e diversãoNo local também são oferecidas porções, refeições e bebidas que podem serem usadas nas modalidades de day use e camping.
20 de Dezembro, 2017
Bodoquena ganha em qualidade de vida com sistema de água financiado pela FunasaEm cerimônia realizada no assentamento Sumatra, foram entregues às comunidades obras que irão trazer conforto e qualidade de vida aos assentados das três localidades.
11 de Dezembro, 2017
Pertinho de Campo Grande, Bodoquena esconde paraísos esculpidos pela naturezaMesmo com um enorme crescimento nos últimos anos, \'Bodoca\' como é conhecida, ainda sofre com os poucos hotéis e a dificuldade de abrigar turistas em grandes eventos.