19 de Abril de 2014, Sábado
02:52:26
06/03/2013 às 10:28h - Fonte: Correio do Estado

'Maníaco da Cruz' está solto por sucessão de erros do poder público

Uma sucessão de falhas da administração pública e de entidades que fiscalizam a lei e promovem os direitos humanos permitiu que um psicopata ficasse solto nas ruas em Mato Grosso do Sul. Home Notícias Polícia Aumentar Diminuir Eduardo Miranda
Foto: Arquivo / Correio do estado Foto: Arquivo / Correio do estado
Uma sucessão de falhas da administração pública e de entidades que fiscalizam a lei e promovem os direitos humanos permitiu que um psicopata ficasse solto nas ruas em Mato Grosso do Sul. Há um ano, uma decisão da 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, determinou que o Estado internasse, Dhionathan Celestrino, 21 anos - autor de três assassinatos em série - em hospital psiquiátrico. Um ano depois, no último domingo, o rapaz fugiu de uma unidade de internação para adolescentes infratores mantida pelo Governo do Estado, onde estava internado ilegalmente, sem qualquer cobrança formal por parte do Ministério Público, o fiscal da Lei, ou de entidades que defendem os direitos individuais e coletivos, como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Desde domingo as forças policiais do Estado procuram Dhionathan, que entre julho e agosto de 2008, em Rio Brilhante, matou um homem e duas mulheres, abandonando seus cadáveres em cemitérios e em terrenos baldios, sempre como se elas tivessem sido crucificadas (com os pés cruzados e com os braços abertos). O rapaz ficou conhecido como Maníaco da Cruz.

Apesar da impossibilidade de prender Dhionathan (ele já pagou por estes três assassinatos que cometeu quando adolescente, e por isso não pesa contra ele nenhuma sanção penal), se ele for encontrado por qualquer autoridade, deverá ser levado a um hospital psiquiátrico, em cumprimento à ordem de internação dada pelo Tribunal de Justiça.

06/03/2013 às 10:28h
Fonte: Correio do Estado
Eduardo Miranda
Imprimir Favoritos
Veja Também »
08 de Abril de 2014 20h54 Polícia 7º BPM prende três pessoas por desobediência a decisão judicial
A Polícia Militar prendeu o homem de 49 anos que ameaçou, perturbou o sossego da mulher e ainda descumprimento a determinação judicial. Ele foi apresentado na delegacia de Bodoquena.
07 de Abril de 2014 22h27 Polícia Em Bodoquena PM desvenda sequência de furtos e apreende vários infratores
Além das investigações da Polícia Civil, a Polícia Militar intensificou o patrulhamento e as rondas, visando trazer uma maior sensação de segurança, abordando várias pessoas em atitudes suspeitas.
04 de Abril de 2014 10h21 Polícia PM de Bodoquena/7º BPM prende jovem que 'socou' a amásia e depois disse não saber de nada.
Ontem (3/4), por volta das 13 horas, no bairro Morro Verde em Bodoquena (MS), a Polícia Militar foi acionada para atender um caso de violência doméstica.
28 de Marco de 2014 01h40 Polícia Bodoquena: jovens bebados presos na madrugada depois de soltarem rojões
A PM realizou diligências e na rua Venâncio de Freitas Pedroza, um veículo Fiat/Uno Mille foi abordado pelos policiais militares. O condutor, de 18 anos de idade, estava visivelmente embriagado.
27 de Marco de 2014 23h36 Polícia Equipe de plantão em hospital aciona PM ao atender idosa vitima de violência doméstica
Em Bodoquena a PM foi acionada para comparecer no hospital da cidade, pois uma mulher de 65 anos teria dado entrada na unidade de saúde, vítima de violência doméstica.